Browse Category

Saúde

Perca barriga da forma correta

Às vezes, achamos que só porque deu certo para uma pessoa vai dar certo também conosco, não é mesmo? Mas é importante ressaltar que nem tudo vai ser eficaz para você, por isso, se o seu objetivo é perder a barriga, tome cuidado para não cometer alguns erros básicos e não conseguir os resultados esperados.

A atividade física é muito importante para ajudar na luta para perder a barriga

Não pense apenas que parando de comer alimentos, a sua barriga já vai ficar chapada. Claro que se você mudar a sua refeição, perceberá uma diminuição das suas medidas, mas se incluir uma atividade na sua rotina, sentirá uma diferença muito mais rápido.

Portanto, se quer realmente perder barriga, inicie a prática de atividades físicas regularmente. Dessa forma, você ainda vai melhorar a saúde do seu organismo e também desenvolver melhor a sua musculatura.

A água é uma boa aliada nesta empreitada

Diferente do que pensa, a água é muito importante na vida da pessoa que quer perder medidas na região abdominal. Não beber água pode atrapalhar o metabolismo das gorduras em seu corpo e também fazer que retenha líquido.

Com um metabolismo ineficaz o seu organismo vai passar a acumular gordura. Terrível isso, não é mesmo? E o primeiro local onde o nosso organismo armazena gordura é na região abdominal. Então, faça com que o seu metabolismo funcione corretamente e perca a barriga.

Importante lembrar que ter que saber beber água no momento certo e durante as refeições não é uma boa ideia. O ideal é que beba de 1.5 a 2 litros por dia.

Nada de dieta da moda! Veja os erros que impedem de perder barriga. Assista ao vídeo:

O pão não é o seu inimigo

É isso mesmo que você leu! O carboidrato não é um grande vilão na sua vida, já que ele é importante para a fabricação de energia do seu organismo. O erro é comer a quantidade de carboidrato além do que o seu corpo precisa diariamente. Se achar necessário, opte por um pão integral, por exemplo.

Mantenha uma alimentação balanceada e conquistará mais rapidamente aquela barriga lisinha. Outra dica que pode ajudar, são os suplementos naturais, um muito bom é o emagrecedor Super Slim X que já foi usado por milhares de mulheres no últimos meses.

Cuidado com os produtos “light”

Quando consumimos produtos light, nos sentimos mais leves, não é mesmo? Mas precisamos nos atentar que essas versões, muitas vezes, contêm grandes quantidades de adoçantes artificiais, o que alguns nutricionistas garantem que podem desencadear problemas no nosso metabolismo – fazendo com que aumente os estoques de gordura.

Nem toda gordura faz mal à saúde

Você sabia que existem alimentos ricos em gordura “boa” e que ainda podem ajudar a reduzir a barriga? Opte sempre que possível pelo azeite de oliva para temperar saladas e cozinhar os alimentos.

Como melhorar o desempenho sexual

Existe uma verdade que nunca morre, todos os homens sofrem com a possibilidade ou a existência da impotência sexual. E sim, todos eles, jovens ou mais velhos podem passar por isso em alguma fase da vida. É normal e não exige pânico. Em ambos os casos, o mais importante a se fazer, é respirar fundo e encontrar primeiro o motivo dela, para em seguida, procurar uma solução.

Quando encontramos a causa da impotência sexual, fica muito mais fácil descobrir o tratamento correto. Pensando nisso, separamos alguns dos motivos causadores da impotência sexual, e também algumas das soluções disponíveis.

Causas da impotência

Existem muitos motivos que podem desencadear a impotência e problemas sexuais, mas os principais fatores são:

  • Problemas hormonais: distúrbios hormonais que provoquem queda da testosterona ou problemas endócrinos, são as causas mais comuns;
  • Questões psicológicas: doenças ou problemas psicológicos como medo, diminuição da libido, depressão, insatisfação, preocupações ou traumas;
  • Cansaço: trabalho excessivo, problemas pessoais ou familiares são causas extremamente comuns para o problema de ereção;
  • Dependências químicas: o uso frequente de bebidas alcoólicas, drogas e cigarro também podem causar disfunção erétil;
  • Doenças crônicas: algumas doenças crônicas como diabetes, insuficiência renal, hipertensão arterial ou arteriosclerose.

Essas são apenas umas das causas da impotência sexual. Para que saiba exatamente o que tem feito você passar por esse constrangimento, o melhor é procurar um médico.

Tratamentos para impotência sexual

Existem basicamente quatro maneiras de se tratar a impotência sexual. Elas são:

  • Tratamento psicológico: no caso do seu problema com ereção ser de fundo psicológico, emocional, ou devido ao estresse, você pode procurar a ajuda de um psicólogo ou mesmo conversar com um amigo próximo, para que possa se livrar dessas questões e sanar seu problema de vez. Em caso de cansaço extremo, é preciso procurar descansar mais, procure fazer algo que goste, como ler ou caminhar, isso ajudará muito.
  • Tratamentos naturais: existem diversas ervas e alimentos que são afrodisíacos, eles ajudam na recuperação da libido e melhoram a ereção.
  • Suplementos alimentares: existem muitos suplementos alimentares no mercado que aumentam a libido e promovem ereções mais longas e duras. Tanto naturais como sintetizados. Basta escolher um que melhor se adapte a você.
  • Tratamento médico: em casos mais graves de problemas de ereção, ou casos de homens que já possuam doenças que necessitam de tratamento constante, é importante consultar um médico para que a melhor opção de tratamento seja encontrada.

Fazer Exercícios também é algo que ajuda e muito a melhorar o desempenho sexual:

Existem também homens que sofrem com ejaculação precoce, ou ereções curtas, se você se encaixa em um desse casos, vale a pena conhecer o Suplemento Power Blue, um produto revolucionário que pode mudar a sua vida. Não sofra mais com a impotência sexual. Procure uma das soluções e resolva esse problema.

6 verdades sobre os sintomas da menopausa

Se já ouviu falar muito sobre a menopausa, pode achar que não possui mais nenhuma dúvida. Mas, se questionada o que é verdade sobre os sintomas da menopausa, saberia responder?

Para que não fique se questionando o que é ou não mito, veja algumas verdades sobre quem está passando por esse período.

Fazer exercícios pode amenizar os sintomas

Essa é a maior verdade de todas, um estilo de vida mais saudável e com a prática de exercícios contribui de diversas maneiras. Primeiro que ele estimula a produção de hormônios, depois fortalece os músculos e combate a osteoporose e, por fim, causa bem-estar.

Todos esses benefícios são extremamente necessários para combater muitos dos sintomas que a menopausa pode provocar.

A libido diminui

Isso é o que ocorre com a maioria das mulheres, uma vez que ocorre a diminuição da lubrificação vaginal e a alteração dos hormônios. Porém, não pense que a vida sexual acabou, é possível se manter ativa pelo resto da vida.

Os sintomas podem ocorrer antes dos 50 anos

Muita gente acha que os sintomas da menopausa só chegam quando o ciclo menstrual cessa ou fica irregular. A verdade é que eles podem começar anos antes, primeiro, de uma forma menos intensa, o que pode gerar uma certa confusão.

Os calores intensos podem surgir a qualquer momento

Isso é bastante comum, as ondas de calor não escolhem um momento para se manifestar, podendo ocorrer durante o dia ou noite. Durante a noite, é comum também que se tenha sudorese, resultante da queda de hormônios. Ela pode vim acompanhada de dores de cabeça e tontura.

Se pode ganhar peso

O ganho de peso ocorre com algumas mulheres, mas esse não é uma regra. Isso costuma ser resultado das alterações hormonais. Entretanto, existem relatos de pessoas que fizeram a reposição hormonal e também tiveram ganho de peso.

Pode ocorrer depressão

Um dos sintomas que podem surgir é a depressão e a sensação de tristeza. As manifestações psicogênicas são bastante comuns, por isso, é necessário que a pessoa mantenha sua mente ativa e tenha um grupo de convivência que a faça sentir parte de algo.

Saiba mais sobre estes sintomas aqui: